a s p a s

Plantas sem nome

El País: Qual é a função da poesia diante da crueldade do mundo?

Wislawa Szymborska: O mundo é cruel, porém merece também outras qualificações mais compassivas. Se fosse somente cruel não haveria mais ninguém aqui há muito tempo. Existiriam aqui e acolá alguns escombros e cresceriam algumas plantas. Plantas anônimas, porque não haveria ninguém para lhes dar nome.”

[ Wislawa Szymborska, 86 anos, a estupenda poeta polonesa ganhadora do Nobel de 1996, em entrevista ao Babélia de ontem. Dia, aliás, da grande estupidez da qual o amigo Mário Bortolotto foi vítima. Fica aqui a homenagem a ele, especialista que é em tratar as coisas por seus devidos nomes, e a minha certeza de sua brevíssima recuperação. ]

Anúncios
Padrão

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s