a f i c ç ã o v i d a

* * *

[ Quando meu avô Juan José Terrón Fernández morreu em 1994, deixou para mim sua bengala, um boné de lã, um despertador quebrado, um abridor de cartas de prata, um punhal enferrujado e uma garrucha calibre 44 de dois canos, usada por ele em 32 para se proteger ao atravessar o estado no comando de uma locomotiva da Fepasa. E agora, no final desta década, chega este regalito de navidad enviado de algum canto de Vila García, Província de Cáceres, Extremadura, España. Valeu, vô! Por mais este eu não esperava. ]

[ Extra: escrevi a seção Três Palavras da última edição da revista Trópico, do Uol. Confira. ]

Anúncios
Padrão

3 comentários sobre “* * *

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s