a s p a s

* * *

O último passeio de Robert Walser, na manhã de 25 de dezembro de 1956

“Lembrei de quando, em meus filmes favoritos, sempre apareciam escritores, e me veio à memória um em que um escritor que não tinha dinheiro encontrava o lugar ideal para escrever, a sala de datilografia do porão da biblioteca da Universidade de Austin. Ali, em ordenadas fileiras, havia uma dúzia de velhas Remington ou Underwood que eram alugadas a dez centavos cada meia-hora. O escritor inseria a moeda, o relógio soltava seu tique-taque enlouquecido e o escritor se punha a escrever como um selvagem para terminar seu conto antes que o tempo se esgotasse.” pg. 91

* * *

“Depois de tudo, se hoje eu tenho alguma certeza, é a de que há uma grande injustiça no trabalho artístico. Escreve-se com a angústia de se ver desonrado por uma obra fracassada. O fracasso de uma obra supõe uma grande vergonha pessoal, porque o sujeito não pôde demonstrar nem sua inteligência nem seu talento. Ainda por cima o sujeito fica como um vulgar ambicioso, um arrivista de meia-tigela. A angústia domina, portanto, a realização da obra artística, mas o pior não é isso, o pior não é quando vem o fracasso, mas sim quando a obra resulta mais ou menos bem-sucedida e consegue aplausos e, mesmo assim, não se obtém de tudo isso nem sequer uma satisfação íntima. É que, na verdade, não há nada ali no reconhecimento, nada. Uma obra de sucesso vive sua própria vida, existe em alguma parte, à margem, e pouco pode fazer pela vida de seu autor. Ainda por cima, o cúmulo é que, de repente, sufocam o autor com felicitações superficiais, aplausos de uma honra duvidosa, grandes tapas nas costas, pedidos ridículos de autógrafos, cartas tétricas de amor, convites para amarrar uma corda no pescoço em qualquer prêmio nacional.” pg 131

[ Dois excertos de “Doutor Pasavento”, romance de Enrique Vila-Matas que a CosacNaify acaba de publicar. A tradução é de José Geraldo Couto. ]

Anúncios
Padrão

3 comentários sobre “* * *

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s