a f i c ç ã o v i d a

* * *

buster

Morte exemplar

“Junto à de Italo Svevo, outra morte admirável, que assegura sua fama de gênio e de figuraça até a sepultura: ‘Se minhas fontes são fidedignas, Buster Keaton teve um final exemplar. Alguém, ao lado de sua cama de enfermo, observou: “Já não vive mais.” “Para saber isso”, respondeu outro, “tem que lhe tocar os pés; as pessoas morrem com os pés frios.””Joana D’Arc, não”, disse Buster Keaton, e caiu morto.”

[ Enrique Vila-Matas, citando Bioy Casares; “El viajero más lento”, Anagrama, 1992. ]

Anúncios
Padrão

Um comentário sobre “* * *

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s